Cozinha da Clara

Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara Cozinha da Clara

Cozinha da Clara

Com impressionantes vistas sobre o rio Douro, a Quinta de La Rosa abriu oficialmente o restaurante Cozinha da Clara. Um nome carregado de sentimento e em uma “clara” homenagem à avó de Sophia Bergqvist, co-proprietária e gestora da Quinta de la Rosa.

Famosa pela sua generosidade e hospitalidade, Claire tinha um gosto nato pela cozinha. Inspirada por grandes nomes da gastronomia, deixou um legado que a família está apostada em eternizar:

“Depois de concluído o projecto da nova sala de provas, loja e recepção, no ano passado, sentimos que chegara a hora de oferecer algo mais a quem nos visita. Mais do que um restaurante, o Cozinha da Clara é a materialização de uma homenagem à história da nossa família, em especial à avó Clara. Queremos com ele prolongar a experiência de estar numa quinta familiar produtora de vinhos do Porto (desde 1815) e do Douro”, afirma Sophia Bergqvist.

O Cozinha da Clara aposta em gastronomia de raiz portuguesa, privilegiando produtos locais e sazonais, mas complementada e sem esquecer a herança gastronómica da família, com pratos do receituário da avó Clara. Uma cozinha cuja filosofia é alimentada pela simplicidade e que se encontra aos comandos do chefe Pedro Cardoso, a fazer dupla na sala com Pedro Esteves.

Para acompanhar a ementa, uma carta de vinhos criteriosamente escolhidos pelo enólogo da casa, Jorge Moreira. Os vinhos da Quinta de la Rosa vão ter lugar de destaque, mas não vão faltar outras opções: a começar pelos vinhos ‘Passagem’, que Sophia e Jorge produzem na Quinta das Bandeiras, no Douro Superior; passando pelos ‘Poeira’; e terminando em vinhos que fogem ao “domínio” do enólogo, mas que lhe dizem algo.

Desde que o idealizou, Sophia sempre viu o Cozinha da Clara como um restaurante de portas abertas a todos os que queiram desfrutar de uma boa refeição no Douro e não apenas como um complemento ao (seu) turismo. 

Siga-nos @ilovedouro